Dropshipping e o coronavírus. Fazer ou não fazer? [Abril 2020]



Se você tem uma loja de dropshipping e trabalha com um fornecedor do AliExpress, é bem provável que a sua loja tenha que lidar com alguns atrasos bem longos durante as próximas semanas e até meses.

Tópicos deste post

Tenho uma loja de dropshipping. O que devo fazer?

Ponderação, precisa entender seu caso especificamente.

  • Suspender temporariamente seus anúncios: Não há dúvida de que você precisa interromper seus anúncios temporariamente porque nenhum fornecedor pode enviar produtos a seus clientes, a menos que eles aceitem atrasos. É muito fácil sofrer reclamações e reembolsos dos clientes. A suspensão temporária de anúncios leva a menos dinheiro, enquanto reclamações e críticas negativas arruinarão seus negócios.

  • Diminuir o orçamento: Assim não terá parado para ficar no faturamento zerado, mas também não terá grandes problemas caso atrase muito as entregas ou ocorra muitas reclamações.

  • Pausa temporária: Esta pode ser uma solução para quem não quer enfrentar eventuais problemas, como não sabemos quanto tempo poderá durar este caos, esta solução drástica pode ser a melhor opção.

Quero abrir minha loja de drop em breve e agora?

Caros amigos,

Há previsão para a reabertura das fábricas?

Ainda não há uma previsão clara de reabertura para as fábricas chinesas. Como essa medida foi tomada não apenas em Wuhan mas em diversos outros pontos do país, as estradas e portos de todo o país ainda estão totalmente isolados.

Considerando as medidas tomadas pelo governo chinês para conter o avanço do vírus, é possível que as atividades econômicas do país sejam normalizadas ao longo de fevereiro.

Encomendas vindas da China oferecem algum risco à saúde?

Médicos e especialistas de infectologia já disseram que não há nenhuma evidência de que o coronavírus possa ser transmitido via pacotes e encomendas da China.

Isso acontece porque, embora o vírus tenha um alto potencial de transmissão entre pessoas e pelas vias áreas, ele não consegue sobreviver em superfícies e outros ambientes como caixas e embalagens. Dessa forma, é improvável que ele sobreviva por dias ou mesmo semanas dentro de um pacote internacional.

E os produtos que chegam da Europa?

Não são todos os produtos que vêm da China. Muitos são despachados de vários armazéns da Europa e EUA. Alguns países europeus, como Itália e Espanha implementaram o “lockdown” (bloqueio) temporário, ou seja, muitos espaços de trabalhos estão fechados, incluindo depósitos, e a circulação das pessoas está bem restrita. Outros estados devem adotar o mesmo bloqueio conforme o avanço das semanas e não é claro como a circulação de bens acontecerá após o intervalo inicial de 30 dias.

As mesmas recomendações dadas acima para produtos chineses devem ser aplicados aos europeus.